segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ano Novo


“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez com outro número
e outra vontade de acreditar que
daqui para adiante vai ser diferente.
Vai? Acredito piamante que sim”.

Carlos Drumond de Andrade

Mensagem de Natal atrasada



Como passei o Natal na "roça", só agora vi as mensagens que me mandaram. Essa é muito especial e acho que vale a pena dividir com vocês mesmo atrasado.

Decretos de Natal (Frei Betto)

Fica decretado que, neste Natal, em vez de dar presentes, nos faremos presentes junto aos famintos, carentes e excluídos. Papai Noel será malhado como Judas e, lacradas as chaminés, abriremos corações e portas à chegada salvífica do Menino Jesus.
Por trazer a muitos, mais constrangimentos que alegrias, fica decretado que o Natal não mais nos travestirá no que não somos: neste verão escaldante, arrancaremos da árvore de Natal todos os algodões de falsas neves; trocaremos nozes e castanhas por frutas tropicais; renas e trenós por carroças repletas de alimentos não perecíveis; e se algum Papai Noel sobrar por aí, que apareça de bermuda e chinelas.
Fica decretado que, cartas de crianças, só as endereçadas ao Menino Jesus, como a do Lucas, que escreveu convencido de que Caim e Abel não teriam brigado se dormissem em quartos separados; propôs ao Criador ninguém mais nascer nem morrer, e todos nós vivermos para sempre; e, ao ver o presépio, prometeu enviar seu agasalho ao filho desnudo de Maria e José.
Fica decretado que as crianças, em vez de brinquedos e bolas, pedirão bênçãos e graças, abrindo seus corações para destinar aos pobres todo o supérfluo que entulha armários e gavetas. A sobra de um é a necessidade de outro, e quem reparte bens partilha Deus.
Fica decretado que, pelo menos um dia, desligaremos toda a parafernália eletrônica, inclusive o telefone e, recolhidos à solidão, faremos uma viagem ao interior de nosso espírito, lá onde habita Aquele que, distinto de nós, funda a nossa verdadeira identidade. Entregues à meditação, fecharemos os olhos para ver melhor.
Fica decretado que, despidas de pudores, as famílias farão ao menos um momento de oração, lerão um texto bíblico, agradecendo ao Pai de Amor o dom da vida, as alegrias do ano que finda, e até dores que exacerbam a emoção sem que se possa entender com a razão. Finita, a vida é um rio que sabe ter o mar como destino, mas jamais quantas curvas, cachoeiras e pedras haverá de encontrar em seu percurso.
Fica decretado que arrancaremos a espada das mãos de Herodes e nenhuma criança será mais condenada ao trabalho precoce, violentada, surrada ou humilhada. Todas terão direito à ternura e à alegria, à saúde e à escola, ao pão e à paz, ao sonho e à beleza.
Fica decretado que, nos locais de trabalho, as festas de fim de ano terão o dobro de seus custos convertido em cestas básicas a famílias carentes. E será considerado grave pecado abrir uma bebida de valor superior ao salário mensal do empregado que a serve.
Como Deus não tem religião, fica decretado que nenhum fiel considerará a sua mais perfeita que a do outro, nem fará rastejar a sua língua, qual serpente venenosa, nas trilhas da injúria e da perfídia. O Menino do presépio veio para todos, indistintamente, e não há como professar o “Pai
Nosso” se o pão também não for nosso, mas privilégio da minoria abastada.
Fica decretado que toda dieta se reverterá em benefício do prato vazio de quem tem fome, e que ninguém dará ao outro um presente embrulhado em bajulação ou escusas intenções. O tempo gasto em fazer laços seja muito inferior ao dedicado a dar abraços.
Fica decretado que as mesas de Natal estarão cobertas de afeto e, dispostos a renascer com o Menino, trataremos de sepultar iras e invejas, amarguras e ambições desmedidas, para que o nosso coração seja acolhedor como a manjedoura de Belém.
Fica decretado que, como os reis magos, todos daremos um voto de confiança à estrela, para que ela conduza este país a dias melhores. Não buscaremos o nosso próprio interesse, mas o da maioria, sobretudo dos que, à semelhança de José e Maria, foram excluídos da cidade e, como uma família sem-terra, obrigados a ocupar um pasto, onde brilhou a esperança

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

mensagem do dia

"O primeiro passo é aprender a ouvir e eliminar o caos interior, relaxando de tal modo o corpo como por ocasião da morte física. Esse passo significa não querer mais interferir, não mudar as coisas...( nen a si mesmo), não discutir, não manifestar opinião alguma, não passar nada do que se ouviu para a linguagem rotineira do dia-a-dia...isso significa descansar tranquilamente perto do grande exército de associações avassaladoras de pensamentos, sentimentos e realidades físicas! A capacidade de ouvir é algo difícil, mesmo que a maioria dos ocidentais se recuse a acreditar nisso."
Livro Tibetano dos Mortos
fotografia by filhote Cauan

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Adote um amigo!


Ontem vi um vídeo muito forte sobre abandono. Algumas pessoas podem achar exagerada a comparação, mas para quem realmente amo os animais e os trata como amigos vai se emocionar. http://tvuol.uol.com.br/#view/id=abandono-de-animais-04023566C8815366/user=e8h4xmy8lnu8/date=2009-10-12&&list/type=tags/tags=236/edFilter=all/
Então resolvi fazer minha parte, divulgando o trabalho da Aspan, da qual faz parte minha querida aluna Simone.

Você realmente se importa
com quem também poderia
ser seu amigo ?
A ASPAN/Bicho Bom é uma entidade não-governamental, sem fins lucrativos, que busca promover a defesa e o amparo aos animais, incentivando, ainda, a conscientização acerca da necessidade do exercício da guarda responsável sobre esses seres.

http://www.aspan-mg.org/

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Práticas de Yoga e rotinas ayurvédicas para acordar bem-disposto

Para quem não tem acesso a revista Prana Yoga Journal...
Ótima matéria!


Lá vem o sol
Práticas de Yoga e rotinas ayurvédicas para acordar bem-disposto
07/10/2009

Por Patrícia Ribeiro

Se você é uma daquelas pessoas que, ao acordar, demoram a sair da cama e depois que levantam levam algum tempo para entrar no ritmo, talvez esteja faltando energia para começar bem o dia. Às vezes, a causa está em uma noite maldormida, outras vezes pode ser cansaço ou preocupação. Alguns rituais podem ajudar o corpo e a mente a despertarem com mais disposição, como certas posturas de Yoga, pranayamas (exercícios respiratórios) e rotinas ayurvédicas.

A professora de Yoga Maria Laura Packer, da Casa de Yoga Shanti OM, de Joinville (SC), explica que acordar bem é tão importante quanto dormir bem. “Quando acordamos, o organismo necessita eliminar as toxinas que durante a noite ficaram retidas por falta de mobilidade física. O período da manhã é quando os órgãos de eliminação do corpo (intestino, rins, bexiga, fígado, pulmões e pele) necessitam ser estimulados para que a eliminação das toxinas ocorram.” Segundo ela, as dores do corpo que sentimos logo cedo, quando acordamos, devem-se, em grande parte, ao acúmulo de toxinas que estão retidas, por isso é necessário fazer alguns exercícios para preparar-se para um novo dia.

Como a maioria das pessoas não tem tempo, vamos ensinar algumas rotinas para fazer entre 30 a 40 minutos. Levantar um pouco mais cedo não sacrificará seu sono, pois depois desse ritual, você estará muito mais bem-disposto.

Meditação

O professor de Yoga Edi Lisboa, do Rio de Janeiro (RJ), tem seu ritual próprio ao levantar da cama. “Pela manhã, normalmente antes de iniciar a prática, tenho por costume tomar um banho frio, para ficar desperto. Depois, faço alguns exercícios respiratórios e, na sequência, medito por 40 minutos, com um mantra.” Edi recomenda uma meditação chamada japa (repetição de um mantra), com um número determinado de repetições. Para iniciantes, o ideal é começar com 27, e progressivamente ir aumentando (somando-se + 27), até alcançar 108 repetições. Você pode usar o cordão de 108 contas chamado japamala para controlar a contagem. Isso pode ser feito, por exemplo, com o mantra Om, que é de fácil verbalização e não vai demandar muito tempo para sua execução. “A opção por este mantra é porque ele nos conecta com a nossa natureza essencial, ou seja, aquilo que tanto buscamos: paz, conforto, tranquilidade. Feito pela manhã, nos dá disposição e bem-estar para o dia”, ensina.

A repetição em si já pode ser considerada uma forma de meditação. Ao final da recitação (em ritmo pausado), pode-se ainda observar, por um minuto, os efeitos sobre as emoções, o fluxo dos pensamentos e a concentração natural que ocorre após a recitação.

Ayurveda

Erick Schultz, diretor do Instituto Naradeva Shala e vice-presidente da Associação Brasileira de Ayurveda, comenta que devemos antes prestar atenção à qualidade do sono para levantar bem-disposto. “O acordar bem começa com um sono adequado, que depende de muitos fatores, como alimentação, meditação, banho”, explica. A nossa rotina diária consciente no Ayurveda chama-se dinacharya. Além das práticas de Yoga, pranayama e meditação, o terapeuta recomenda um ritual de devoção, que pode ser uma prece ou um mantra — dependendo da sua religião — e fazer uma automassagem antes de dormir e ao acordar.

O Ayurveda prega que a primeira coisa que ingerir pela manhã influenciará o seu humor durante o dia todo. Com isso em mente, beba um copo de água morna com um pouco de suco de limão espremido. A água morna serve para estimular o trato gastrointestinal e a peristalse (ondas de contrações do músculo nas paredes intestinais que movem seu conteúdo para a frente). Essas frutas também são ricas em minerais e vitaminas que ajudarão a eliminar ama (toxinas) do trato digestivo.

Todos os doshas (biótipos) também são beneficiados com um banho. A temperatura de água é que deve variar conforme a constituição. Pitta deve tomar banho frio, água levemente morna para vata e bem morna para kapha (saiba qual é o seu dosha no site www.eyoga.com.br e faça o teste “quem é você”)

Segue uma prática de Yoga, simples e curta, porém eficaz para ser realizada logo cedo ao acordar.

Bhastrika Pranayama (respiração do fole)
Sente-se em uma postura confortável, com a coluna ereta. Dilate o abdome inspirando lentamente e contraia o abdome expirando. Repita este ciclo vagarosamente por dez vezes, até que possa coordenar o movimento do abdome com a respiração, que deve ser para fora na inspiração e para dentro na expiração. Após entrar nesse ritmo, passe a respirar de forma mais vigorosa e rápida, mas mantendo a profundidade e o ritmo. O ar entra ativo e sai ativo, gerando calor, oxigenando as células, estimulando o fogo digestivo e melhorando a disposição do corpo para a eliminação das toxinas. (Faça três ciclos de 27 respirações cada.)

Surya Namaskar (Saudação ao sol)
Esta série tem o poder de fortalecer as funções metabólicas por uma série de estímulos em todos os sistemas orgânicos. Gera vitalidade física e mental, mobiliza a circulação e elimina as tensões musculares e nervosas. Faça três ciclos.

Halasana (postura do arado)
Deite-se de costas no mat. Estenda os braços ao longo do corpo. Expire e jogue as pernas para trás. Tente manter o tronco perpendicular ao solo. Estenda bem as pernas e coloque os dedos dos pés no chão, ficando dobrado para trás. Tente levar seu quadril mais para cima. Se quiser, pode colocar as mãos no chão. Mantenha a postura por algumas respirações.

Paschimottanasana (postura da pinça)
Sente-se com os ísquios bem apoiados no chão e as pernas estendidas à frente. Ajeite-se até ficar bem encaixada na posição, com a coluna ereta. Flexione o quadril à frente, tentando alcançar os pés com as mãos. Leve a lombar em direção às coxas e não apenas o peito. Tente encostar a cabeça nos joelhos. Mantenha a postura por algumas respirações.

Benefícios das posturas: o rolamento da coluna é altamente favorável para tonificar o sistema nervoso central, eliminar tensões localizadas nas costas, mobilizar a flexibilidade da coluna e gerar disposição em todo o corpo.

Matéria retirada da PYJ. Edição 29.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

RAJA YOGA EM CASA


Estou fazendo o Curso de Hatha Yoga Integral Avançado no Jay Vida - Belo Horizonte. Tenho aprendido muito em cada módulo. No módulo do Swami Ramananda, ele nos passou essas diretrizes e gostaria muito de dividi-las com vocês. Leiam com carinho e procurem segui-las.
Grande abraço e Om Shanti - Que todos os seres tenham paz!

RAJA YOGA EM CASA:
TRAZENDO OS ENSINAMENTOS PARA A VIDA DIÁRIA
1. Observe os seus pensamentos
A. Identifique os tipos de (vrittis) pensamentos.
B. Determine se eles são egoístas ou não egoístas.
C. Tente ficar no “Agora”.
2. Cultive pensamentos positivos como em Pratipaksha Bhavana (“Quando perturbado por pensamentos negativos, devemos pensar naqueles opostos (positivos).Isto é pratipaksha bhavana.”Sri Patanjali – Yoga Sutra - Sadhana Pada - 33).
3. Desenvolva a prática da meditação regular: coloque metas para você e faça o compromisso de segui-las.
4. Traga a meditação para a sua vida diária através de uma ou mais das seguintes técnicas
A. Mantenha a atitude de testemunha o tempo todo;
B. Tente ver Deus em tudo e em todos (ou pelo menos em alguém e algumas coisas);
C. Repita seu mantra durante o dia todo;
D. Ou faça qualquer outra coisa que lhe ajudará a manter atento e focado;
5. Determine maneiras específicas de trazer os preceitos de yama e niyama para a vida diária.
6. Utilize as “fechaduras e chaves” na sua interação com os outros, e também na maneira como você se relaciona com você mesmo.
7. Procure ver, toda ação que você faz, como Karma Yoga.
8. Para desenvolver a força de vontade, faça alguma coisa que você não quer fazer, e não faça uma coisa que você gosta de fazer todo dia.
9. Trabalhe nas qualidades de sua fala: ela deve ser não agressiva, verdadeira, agradável e benéfica.
10. Fica mais em contado com sua respiração e use isto para controlar sua mente – por exemplo, ao lidar com as emoções negativas ou ao lidar com a dor.
11. Se situações dolorosas surgirem, analise, reze e ou medite para ajudar a manter sua paz e equilíbrio.
12. Ajuste seu estilo de vida, se necessário, de forma que ele suporte sua prática
13. Mantenha um diário espiritual
14. Leia sobre a vida e ensinamentos dos santos e sábios para lhe guiar e encorajar.
15. Se reúna com outros buscadores para inspiração e suporte.
OM Santhi, Shanthi, Shanthi
OM Tat Sat

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Ativando a rede - OM SHANTI que todos os seres tenham paz!

Uma atividade global de Luz está sendo orquestrada pelos Trabalhadores da Luz e pela Companhia do Céu para o dia 28 de Julho de 2009, às 3h19 , Hora do Pacífico, por uma hora (Calculo que 3h19 da manhã de 28/7, hora do Pacífico, corresponda a 4h depois aqui no Brasil, 7h20 e 8h20 da manhã de amanhã - 28/7/09). Esta é a segunda fase de um poderoso evento chamado de "Ativem a Rede".

"Ativar a Rede" se refere a despertar a Humanidade, de modo que nos tornemos conscientes das células individuais de Luz. Cada célula de Luz irradia não somente em si mesma, mas para os outros também. A segunda fase do "Ativem a Rede" se refere a usar o poder do "EU" para que novamente se torne "NÓS".

"Novamente nós atrairemos a energia do dia através de nós e a passaremos para a Criação. Esta é a energia do potencial puro, do amor puro, da abundância pura e da habilidade criativa pura. Esta é a energia combinada de milhões de humanos se concentrando em um propósito por uma hora, como uma mente. Nós ficaremos na contemplação do mundo que será. Esta é uma hora da criação Terrestre com o grau mais elevado de intenção pura."

"Usem a meditação, a oração, o pensamento, a música, a intenção, ou qualquer ferramenta de sua escolha para manifestar o mundo que tanto desejamos. Imaginem milhões de humanos sentados, vibrando por algo melhor, um mundo de igualdade, de equilíbrio, de harmonia e de alegria. Nós nos reuniremos por uma hora e manteremos a visão de um mundo nutrido, um mundo de abundância para todos, um mundo de experiências alegres."
Leia mais http://eraofpeace.org/latest-news.php

sexta-feira, 5 de junho de 2009

HOME - NOSSO PLANETA, NOSSA CASA

Com uma combinação de sons, imagens impressionantes da Terra vista do céu e uma narração sobre os danos ambientais causados pela humanidade ao planeta, o documentário Home - Nosso Planeta, Nossa Casa é um projeto ambicioso do cineasta Luc Besson e do diretor Yann Arthus-Bertrand que tem como objetivo despertar a atenção para a devastação ambiental e chamar uma ação global.
E para alcançar o maior número possível de pessoas, Bertrand e Besson decidiram lançar o filme gratuitamente, em 87 países com dublagens em 14 línguas. Tudo isso, no Dia Mundial do Meio Ambiente, dia 5 de junho. “O que eu realmente quero é que as pessoas cujo consumo tem um impacto direto sobre a Terra, percebam a necessidade de mudar seu modo de vida depois de assistirem o filme”, afirma Bertrand.
O diretor, que ficou mundialmente conhecido pelas fotos áreas que fez de diversas partes do Planeta, explica que o filme revela a atual situação do Planeta, enquanto afirma que a solução existe. “Sofremos um grande impacto sobre Terra, mais do que poderíamos suportar. Nós consumimos em excesso e estamos extinguindo os recursos da Terra. Do ar, é fácil ver as feridas da Terra”, diz.
A narração, segundo Bertrand, foi inspirada no trabalho de Lester Brown, o famoso ambientalista americano e pelo seu livro O Estado do Mundo (State of the World). Além disso, o diretor contou com a colaboração de amigos como Isabelle Delannoy, minha colaboradora de longa data, e o músico francês Armand Amar, especializado em músicas do mundo e vozes. “Eu queria esse tipo de mistura cultural para a trilha sonora”, ressalta.
Besson comenta que, ao conhecer Yann, já pensava em como usar trinta anos de experiência no cinema para ajudar à causa ambiental, pelo qual tem grande afinidade desde criança. “Eu estava pronto e Yann foi a primeira pessoa a me dar a oportunidade de mostrar que eu me importava. Por isso aderi ao projeto imediatamente.”
Para garantir que o filme fosse visto por todos de forma gratuita, Bertrand e Besson contaram com o patrocínio da PPR, que investiu € 10 milhões ao longo de três anos. Várias ações no mundo marcarão seu lançamento na próxima sexta-feira, como exibição ao ar livre no Central Park, em Nova York, e no Champs de Mars, em frente à Torre Eiffel, em Paris.
Para baixá-lo na internet (a partir do dia 5), assistir o trailer e saber mais sobre o filme, acesse o site http://www.home2009.com.br
(Envolverde/CarbonoBrasil)

Reflexão - Dia do Meio Ambiente

Quarta-feira reli um texto sobre Consumo Consciente. Estou de TPM, logo, mais sensível do que o normal - me senti profundamente tocada pelo assunto.
Não que eu seja uma consumista desvairada e muito menos sem consciência, mas...
Olhei ao meu redor: meu apartamento, meus móveis, meus objetos, minhas roupas e sapatos e todo o resto. Tá tudo tão carregado, cheio, poluição visual!
Hoje acordei resolvida a começar uma mudança. Resolvi procurar um apartamento menor, desfazer de móveis -ter um ninho mais clean. Abri os maleiros, puxei com a minha muleta as sacolas cheias de roupa de inverno -coloquei tudo pra lavar e depois vou separar o que realmente eu uso e passar pra frente o que não tenho usado. O mesmo farei com os sapatos.
Estava querendo comprar edredons. Agora resovi fazer capas com lindos lençois de algodão que comprei outro dia. Vou dar vida aos edredons antiguinhos que ainda estão muito bons.
Conversei com meu fiho sobre o assunto e ele disse que queria fazer alguma coisa que envolvesse a comunidade. Já tivemos uma idéia: Vamos fazer um bazar de troca, chamaremos os amigos e cada um levará o que estiver "sobrando" em sua casa e trocaremos entre nós. Montaremos também um brechó virtual onde venderemos por um preço baixo artigos usados - nossos e de nossos amigos.
Resolvi limpar até meu blog - passei uma água sanitária!
Acho que é um bom começo!
Om Shanti

domingo, 31 de maio de 2009

Aulas de Yoga e Massoterapia Ayurvédica

Horário de aulas no Espaço Hibridus:
Segunda e quarta das 18h e 30 às 19h e 40.
Terça e quinta: das 08h às 09h e 15.


Massoterapia - verificar agenda.

Marque uma aula experimental!
Contatos:
fixo (31) 3091 6349
celular (31) 8484 5733 / 93497370
e-mail: yogue30@yahoo.com.br/ ana.oficinas@gmail.com

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Oficina de Culinária Indiana

Venha preparar uma almoço de domingo prazeroso e diferente.

Serão realizadas 7 receitas:
- Ghee (manteiga clarificada)
- Shapati (pão sem fermento)
- Massala Bhati (arroz temperado)
- Sambar (sopa de ervilhas com legumes)
- Chutney de manga (geléia/molho agridoce)
- Gulab Jamun (doce)
- Lassi (bebida de iogurte com especiarias e fruta)
Os participantes receberão uma apostila com orientações, as receitas ensinadas na oficina e mais 5 receitas. E o melhor: um delicioso almoço indiano.

Dia: Domingo(31/05) das 8h as 12h
Local: Coletivo 275 - Rua Timóteo, 275 - Bairro Bela Vista-Ipatinga
Valor: R$50,00

Contato: 31 84845733 / 30914156 (Aninha)
yogue30@yahoo.com.br

terça-feira, 26 de maio de 2009

Ghee - Manteiga Clarificada

Como fazer ghee - Sri Govinda
O ghee é uma das substâncias mais importantes e usadas na cultura Védica. Ele é usado na culinária indiana e védica, nos procedimentos do Ayurveda e também nos homa-Agni hotra (cerimônia de fogo).
Em vários textos védicos e de yoga, como o famoso clássico Bhagavad-Gita, se comenta sobre o ghee e sua importância. Bem, vamos a receita.

Ghee (manteiga clarificada)
Ingredientes: de 1 a 5 KG de manteiga sem sal
Modo de Preparo: Fazer ghee não é dificil nem complicado. Exige apenas um pouco de tempo, pois é necessario uma fervura bastante lenta para que toda água contida na manteiga evapore, os pedaços sólidos subam à superfície e o saboroso gosto da manteiga clarificada seja enfim realçado. É assim que se obtém ghee, um óleo absolutamente límpido.
Coloque a manteiga numa panela de fundo grosso sobre o fogo baixo, sem tampar. Retire, de vez em quando, com a ajuda de uma escumadeira, os pedacinhos sólidos que se formam na superficie. Para evitar que se queime, verifique se a temperatura está suficientemente baixa. Calor em excesso faz com que a manteiga deprenda muita fumaça e se torne marrom arruinando o sabor. O ghee estará pronto quando estiver cor de ambar amarelado, e tao límpido e transparente quanto uma peça de cristal. Despeje-o então numa vasilha resistente e deixe-o descorberto à temperatura ambiente para que resfrie.
Depois de frio, o ghee deve ser guardado em recipiente fechado em lugar fresco para que se conserve por muito tempo.
Algumas considerações:
1-O ghee se solidifica à temperatura ambiente e se conserva sem refrigeração, pelo fato de ser100% composto de matérias oleosas, uma vez que os resíduos de leite e a água foram retirados.
2-Quando dourar temperos no ghee, tenha-os à mão, pois.uma vez aquecido, o ghee queima muito facilmente
3-Antes de guardar o ghee, verifique se o recipiente em que está sendo colocado está completamente seco. Evite deixar cair água no ghee quente, pois esta combinação provoca uma explosão que respinga gordura quente de forma violenta. Nunca misture água no ghee destinado à fritura.
4-Para frituras prolongadas a temperatura do ghee estará no ponto quando dourar um pedaço de massa ou de outro alimento em 1 minuto. Daí em diante, abaixe o fogo. Não mergulhe muitas porções do alimento a ser frito no ghee de uma só vez, isto fará com que a temperatura baixe muito e a fritura não saia satisfatória.
5-Pode-se utilizar o ghee para frituras várias vezes. Basta lembrar de filtra-lo e livra-lo dos resíduos da fritura anterior que modificam a cor e o sabor do alimento seguinte.
6-Guarde bem esta receita, pois o ghee vai ser usado em muitas receitas aqui apresentadas por nós.

Sri Govinda é músico, sacerdote brâmane, professor de filosofia Vedanta e ministra cursos de culinária indiana.

Matéria retirada da revista Prana Yoga journal: http://eyoga.uol.com.br/scripts/artigo/artigo_det.asp?idColuna=5&idColunista=8&idArtigo=1&stColuna=Gourmet

Santosha

Fui passear na casa da minha mãe no interior de São Paulo, comemorar com ela suas 60 primaveras. Na primeira noite lá, sonhando que corria pela praia com meus queridos marido e filho,levantei e corri pela cama - me estatelando no chão...óbvio!
Resultado da brincadeira: o 5º metatarseano quebrado -tala gessada por pelo menos 40 dias.
Enquanto isso, do Yoga, só estudo e meditação e é claro treino de santosha- contentamento!

Aos 93 anos, morre Krishna Pattabhi Jois

Aos 18 dias de maio de 2009:
O principal divulgador para o ocidente da Yoga ashtanga, Krishna Pattabhi Jois, morreu aos 93 anos

A Yoga Ashtanga é baseada no controle da respiração através de uma série progressiva de posturas.
Esta é a forma mais rigorosa de yoga e tem efeitos positivos sobre mente e corpo.
Ela produz um intenso calor que purifica os músculos e órgãos, expelindo toxinas e liberando hormônios e minerais benéficos que podem nutrir o corpo quando o suor é reabsorvido pela pele.

Yoga da vida

A Yoga da vida...

O que buscas quando ficas de ponta cabeça?
Pisar nos céus, como a lembrar que por lá caminhastes?
Recordar que dos astros caístes e nas estrelas brincastes?
Uma postura invertida te faz andarilha do céu?

O que buscas ao exercitar assim o respirar?
O ar ao sair te transpotra ao mundo externo?
O ar que entra interioriza o mundo como espelho?
Sempre a pulsar entre os mundos do externo e do interno?

O que buscas quando repete e repete a postura?
A busca da perfeição primeva recordada entre brumas?
A procura do gesto correto, harmônico, belo e puro.
Como o poeta à palavra perfeita que lhe completa o verso?

O que representa o silenciar a mente e entrar no fluxo?
O que representa, em última instância, o fluxo?
O pulsar do universo reproduzido em teu coração?
Quando cessam todas a sperguntas e só se é?

Márcio Filgueiras de Amorim

*presente do meu 39º aniversário

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

yoga é...


“O yoga é o livro que contém as regras do jogo da vida – um jogo no qual não deve haver perdedores. É um jogo difícil, que deve ser treinado com afinco. Requer do jogador disposição de pensar por si mesmo, de observar, de observar e corrigir, de superar eventuais contratempos. Exige honestidade, aplicação constante e, acima de tudo, um coração amoroso.”
Mestre Iyengar

Benefícios

O ALGO MAIS QUE FAZ A DIFERENÇA

*Ma Prem Adarsha e de Ronite Benabou

Que o Yoga traz inúmeros benefícios para o corpo, isso a mídia já cansou de falar...
O que ela às vezes esquece de falar é do algo a mais que realmente faz a diferença:
Como o yoga nos transforma lentamente em pessoas mais flexíveis, menos rígidas com o mundo, mais tolerantes e pacientes, mais criativas, bonitas e saudáveis através da respiração e de suas posturas.
E como isto acontece?
Através do alinhamento do corpo e do fluxo natural da respiração, assumimos a postura da testemunha, é como dar um passo para trás e assim nos conhecermos muito melhor e assim podermos agir sobre nosso próprio agente sabotador: nós mesmos...
Com as posturas aumentamos nosso metabolismo e com isso nossa capacidade de digerir a vida e todas as nossas impressões... por alguns instantes enxugamos essa enxurrada de informações, purificamos nossos sentidos e descansamos nossas mentes...
Quando se trabalha a flexibilidade em sala de prática, não está sendo trabalhada somente a flexibilidade do corpo físico do aluno, mas também a sua flexibilidade como pessoa com a vida, com outras pessoas e com si mesma(o).
Quando se trabalha a abertura das escápulas, não está sendo trabalhada apenas a abertura das escápulas em si, mas também a abertura do chakra do coração que tem a ver com nossos mais profundos medos, trabalhando-se então uma visão mais corajosa de ver e agir no mundo e de como encarar nossos problemas.
Quando se trabalha o equilíbrio nas posturas, não está sendo trabalhada apenas o equilíbrio físico, mas também o mental e emocional que serve para se ter um maior controle em situações de desequilíbrio emocional tanto na área afetiva, profissional e outras.
Descobrimos nossos mecanismos e os desarmamos, vivendo as mesmas situações estressantes de antes, de uma vida contemporânea, porém reagindo e respondendo a situações difíceis de maneira saudável.
Uma revolução interna acontece lentamente dentro de quem pratica yoga, trazendo mudanças positivas e fundamentais para o nosso processo de autoconhecimento, evolução e amadurecimento diante da vida.
Afinal, "tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranqüilo" !

Pranayama

PRANAYAMAS (Controle do Prana)

Pranayama é a ciência que dentro das técnicas do Yóga, tem como objetivo o controle do prana (energia vital) através da respiração. O pranayama engloba uma variedade de práticas, todas projetadas para recolocar o fluxo respiratório em harmonia com os ritmos do universo. “Aquele que obtém o controle da respiração obtém o controle da mente”, diz o texto clássico Chandogya Upanishad. Portanto, os yogues aconselham a sincronizar lentamente os ritmos da respiração com os ritmos da natureza. Levar a atenção para a vida orgânica é a função do pranayama, ”viver e não se abandonar à vida”. Tudo no universo tem um ritmo natural que gera o equilíbrio e a harmonia, como em uma orquestra sinfônica, onde todos os músicos com diferentes instrumentos e diferentes partituras, tocam no mesmo compasso de tempo, formando uma linda melodia. Da mesma forma as vidas orgânicas são regidas pelo compasso do universo. Uma manifestação material do pranayama na natureza humana pode ser demonstrada pelo sistema de Sístole e Diástole do coração, demarcando o ritmo corporal.
A respiração está totalmente relacionada com os ritmos solares e lunares. Possuímos dois principais canais de respiração, que são denominados: ida (narina esquerda) correspondente a corrente lunar; e pingala (narina direita) correspondente a corrente solar. A respiração solar permeia o lado direito do corpo e controla as funções de comer, digerir, excretar e também controla o lado racional do cérebro. A respiração lunar permeia o lado esquerdo do corpo e controla as funções de ingestão e assimilação de fluidos, a urina e também controla as funções criativas do cérebro.
Durante as vinte e quatro horas do dia a respiração muda de uma narina para outra diversas vezes à medida que a terra gira em seu eixo e ocorre a mudança da posição do sol e da lua. Esse processo é denominado “rinite alternada”. A cada duas horas, uma das narinas fica ligeiramente obstruída para a entrada do prana. Dessa forma o prana penetra na narina que está desobstruída e saí pela oposta até mudar o ciclo. Essa mudança de fluxo do prana corresponde a uma necessidade das células nervosas, principalmente as do cérebro. Quando o prana flui por pingala (narina direita) ele abastece o sistema nervoso simpático. Quando flui por ida (narina esquerda) abastece o sistema nervoso parassimpático.

Meditação

DHYANA – MEDITAÇÃO
Quando se fala em meditação, a gente logo pensa em alguém sentado de pernas cruzadas sobre uma almofada no chão, com a coluna ereta, as mãos apoiadas sobre os joelhos, os olhos cerrados, a boca levemente aberta e um silêncio sepulcral dominando o ambiente. De fato, essa é uma maneira clássica de meditar, mas não a única. Existem várias técnicas para mergulhar nesse estado de introspecção. Dá para meditar de olhos abertos, ouvindo música, andando ou durante tarefas cotidianas como passar a roupa, cozinhar e tomar banho. Sim, porque meditação não é uma ação, e sim um estado de espírito. "Meditação é a qualidade de estar consciente e alerta. O que quer que você faça com consciência é meditação. A ação não é a questão, mas a qualidade que você traz para a ação”.
O segredo está em prestar atenção em cada momento do presente. Parece simples, e é. Mas exige uma mudança de postura perante a vida. Uma mudança sutil, porém fundamental. Afinal, fomos ensinados que, para resolver os problemas cotidianos, é preciso pensar e se preocupar com eles. O resultado disso é que passamos a maior parte do dia, senão o dia todo, com a atenção dispersa no passado (o desentendimento com a colega de trabalho, a seção de ginástica perdida) ou no futuro (o projeto que precisa ser entregue amanhã, a viagem do próximo feriado). Pouco a pouco, esses pensamentos recorrentes vão acumulando uma carga nociva de angústia pelo que aconteceu e ansiedade pelo que vai acontecer.
Meditar é adotar a atitude contrária. É concentrar-se no presente, tornar conscientes os gestos automáticos mais banais. Ao tomar banho, por exemplo, atente para o que está fazendo em vez de lavar-se automaticamente enquanto pensa na lista de compras do supermercado. Note o cheiro do sabonete, a temperatura e o som da água. Quando for se sentar, no trabalho ou à mesa de jantar, preste atenção na postura, na posição de suas pernas e na sensação na coluna. Na fila do elevador, note como estão dispostos os ombros, o abdômen e os pés. Deixe para se aborrecer com o serviço atrasado quando chegar a sua mesa de trabalho.

Respire suave e profundamente pelas narinas e Om Shanti.

Gravidez e Yoga

A gravidez é um momento único. Único em emoções, mudanças e forma de encarar a vida.
O resultado positivo é sempre um misto de felicidade e apreensão, depois essa "notícia" se transforma em preparativos.
Qual a cor será usada no quarto, qual a cor de roupa comprar, qual o modelo e melhor lugar para localizar o berço dentro do quarto? São alguns dos questionamentos de um gravidez desejada ou planejada.
Em outros casos, quando a gravidez é na verdade um susto, as questões são outras: Ter ou não a criança? Como fazer para sustentaá-la? A quem pedir ajuda? Como se adaptar a esta nova situação? Qual serviço de saúde procurar? Será que está tudo bem com o bebê? Será que o parto ocorrerá bem? Enfim, são muitas as perguntas que vêm à cabeça!
A gravidez é uma mudança permanente em sua vida e, mesmo em uma gravidez que foi planejada durante anos, é difícil uma futura mamãe não se preocupar em como será o seu desempenho, se ela vai conseguir fazer o seu filho feliz e ser uma mãe sábia. E também tem as preocupações com o seu casamento (ou com o seu não-casamento). É complicado, mil e uma coisas vêm à mente, isso para não mencionar já o seu estado físico: o seu corpo mudando - ficando cada vez mais redondo.
Nesse momento, é melhor seguir a música: "Tudo é uma questão de manter a mente esperta, a espinha ereta e o coração tranquilo".
Durante os nove meses da gestação seu corpo terá que se acomodar a grandes mudanças fisiológicas. No início da gravidez você terá que se adaptar às transformações hormonais, físicas e psicológicas, que são normais nessa época, e pode precisar conviver com cansaço ou náuseas incômodas. Mais tarde, na metade da gravidez, vai se sentir provavelmente mais confiante e desfrutar de uma sensação de vitalidade, saúde e bem-estar.
O Yoga é um sistema de exercícios atualmente praticado em todo o mundo. É uma maneira de relaxar o corpo e também aquietar a mente e de encontrar seu equilíbrio interior. O mais importante é que a Yoga, quando corretamente praticada, educa seu corpo a viver em harmonia com a força da gravidade. Sem usar força ou sobrecarga de nenhum tipo, você pode aprender, com a ajuda da respiração, a retirar a tensão e a rigidez desnecessárias das articulações e músculos. Gradualmente, à medida que sua postura melhora, você vai se sentir mais assentada e conectada com a terra, e o corpo e a mente encontrarão equilíbrio, unidade e estabilidade. Como uma árvore que possui raízes bem fundas na terra, um tronco estável e ramos que estão livres para balançar ao vento, seu corpo se tornará mais bem enraizado na base, onde contacta a terra, permitindo leveza e liberdade no parto e um crescente senso de calma e segurança interiores.
Sabemos como a fisiologia normal do processo de parto pode ocorrer em melhores condições quando a posição do corpo está em harmonia com a gravidade. Cada vez que praticar os exercícios de Yoga você estará aumentando seu senso corporal instintivo, que continuará a ser seu guia durante o trabalho de parto, tornando-a segura e confiante em seu potencial e capacidades ainteriores.

Om Shanti - Que todos os seres tenham paz.