quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O ego e o eu


"Como dois pássaros dourados em uma árvore,
companheiros unidos são o ego e o eu,
um come os frutos doces e amargos da árvore,
enquanto o outro segue sem comer.

Pensando que somos o ego, sentimos apego e caímos na amargura.
Mas compreenda que você é o eu
e se libertará da amargura.
Ao perceber que é o eu,
fonte suprema da luz e do amor, 
você transcende o bem e o mal
e passa a um estado de união."

Bhagavad Gita